Material de Costura: Kit Básico para Começar a Costurar

Você já deve ter percebido a grande quantidade de produtos presentes nos armarinhos e lojas de aviamentos. Mas você sabe quais os tipos de material de costura são indispensáveis para quem deseja começar a costurar?

Cada item tem sua importância, e pode servir para tarefas rotineiras – como para fazer o corte e o fechamento das peças – ou até mesmo para agilizar algumas etapas da costura. Um dos itens que facilita o trabalho de qualquer costureiro, mas que nem todo mundo conhece, é o abridor de casas, uma ferramenta simples, mas poderosa – ajuda a desmanchar costuras mais facilmente.

Se você ainda tem dúvidas sobre as ferramentas e os materiais necessários para começar a costurar, não se preocupe. Listamos os itens básicos e essenciais que você precisa para executar tarefas simples, como costurar pequenas peças e fazer reparos, como a colocação de botões e zíperes.

Aprenda com a gente, monte o seu kit básico e tenha os materiais mais usados sempre à mão!

Moldes de Feltro

Veja também:

19 Truques e Dicas de Costura que Você Deveria Saber

Como Pregar Zíper: Técnica Simples e Infalível

Máquina de Costura

Ter uma máquina de costura cheia de funcionalidades nem sempre é necessário. Algumas costuras e reparos podem ser feitos à mão, sem maiores problemas. Em outros casos, uma máquina contendo apenas os pontos básicos já pode ser suficiente para executar o trabalho.

Dica: Caso você queira trabalhar profissionalmente com costura, aí sim será preciso investir em uma máquina específica para o tipo de trabalho que você deseja executar (bordados, confecção de roupas ou quilt, por exemplo). Na hora de escolher essa ferramenta tão importante, pense nas funcionalidades que você vai precisar a curto e médio prazo.

Clique aqui e veja mais dicas sobre como escolher sua máquina de costura doméstica.

Acessórios para Máquina

Em geral, os acessórios para máquina são vendidos à parte e podem ser comprados pela internet ou em lojas especializadas. As sapatilhas de máquina são bons exemplos de acessórios que ajudam a executar diferentes funções com maior precisão, como a costura com elástico, o quilt livre, a colocação de miçangas e a aplicação de zíper invisível.

Agulhas

Agulhas de Mão

As tradicionais agulhas de mão são indispensáveis, até mesmo para quem já tem o hábito de costurar à máquina. As agulhas de mão são úteis para alinhavar as peças antes da costura definitiva e também para fazer acabamentos e reparos – quem trabalha com fuxico não pode nem pensar em abandoná-las.

No mercado existem agulhas de vários tamanhos e larguras, cada uma com uma função. Tecidos finos, como seda, voil e algodão, devem ser costurados com agulhas de ponta mais fina; enquanto tecidos de tramas abertas, como a juta e a etamine, devem ser costurados com agulhas mais grossas e sem ponta.

Já quem precisa costurar feltro à mão pode optar por agulhas longas e de ponta fina. Uma agulha de ponta fina fura o feltro sem maiores dificuldades.

Dica: Se a agulha demorar a furar o tecido, experimente outros tamanhos até encontrar uma que seja ideal para o seu projeto. 

Agulhas de Máquina

Diferentemente das agulhas de mão, que podem ser testadas em vários tecidos, as agulhas das máquinas de costura possuem indicações específicas. Não tente, por exemplo, costurar malha com uma agulha indicada para tecidos sem elastano. Também não é indicado usar uma agulha mais grossa e pesada em um tecido mais fino.

Usar as agulhas erradas pode atrapalhar a costura e danificar a peça. Por isso, antes de começar a costurar, observe na embalagem as indicações de uso de cada uma. Além disso, nunca misture-as quando tiver que guardá-las ou quando for organizar o ateliê.

Tesouras

Existem tesouras específicas para cada material. No início, invista em dois modelos: uma grande e afiada (para cortar tecidos) e uma pequena (para cortar linhas e fazer acabamentos).

Dica: Não corte papéis ou outros materiais com a sua tesoura de tecido; as lâminas podem perder o corte e pode ser preciso trocar a tesoura antes da hora. 

Alfinetes

costura-materiais

Fonte: Diane Fields

Os alfinetes são utilizados para juntar as partes do tecido que serão costurados. Por isso, são extremamente úteis na hora de fazer costuras, à mão e à máquina.

Os alfinetes de cabeça são mais fáceis de serem vistos sobre a peça. Já os alfinetes menores, por serem mais fáceis de manusear e menos vistosos, são ideais para ajustar peças de roupa direto no corpo, assim como para posicionar recortes de tecido de menor tamanho.

Para não passar aperto, tenha alfinetes dos dois modelos. Afinal, esse é um item de costura barato e que sempre será usado nos mais variados projetos.

Dica: Os alfinetes grossos e de aparência mais resistente são os mais adequados para alfinetar tecidos pesados, enquanto os mais frágeis são ideais para tecidos finos. 

Fita Métrica

fita-metrica-materiais-costura

Fonte: Diane Fields

A fita métrica flexível é um material de costura indispensável para o trabalho de iniciantes e veteranos na costura. Ela ajuda a medir estruturas curvilíneas, como o corpo humano, mas também são ótimas para fazer a medição de pedaços de tecido e de peças prontas.

Réguas

Diferentemente das fitas métricas, as réguas são ideais para medir e marcar estruturas planas. Você pode usá-la para traçar moldes, para cortar tecidos com a ajuda do estilete circular e também  para fazer marcações em linha reta.

As réguas transparentes dão mais precisão para realizar as tarefas, mas as metálicas aguentam melhor o uso frequente. Existe ainda uma régua 3 em 1. Essa ferramenta ajuda a desenhar curvas, cavas e decotes, por isso é bastante indicada para quem deseja trabalhar com modelagem de roupas.

Giz de Alfaiate

Se você for fazer algum projeto que exija transferir o molde para o tecido, aposte no giz de alfaiate. Ele permite fazer marcações precisas no tecido e sai facilmente durante a lavagem.

Dica: Uma alternativa mais moderna ao giz é a caneta para tecido lavável. Essa caneta faz o mesmo serviço do giz, mas tem um custo mais elevado.

Linhas

Fonte: Diane Fields

A linha para costurar à mão é bem diferente da linha para costurar à máquina. Enquanto a primeira costuma ser vendida em pequenos carretéis, a segunda costuma ser vendida em cones grandes, contendo mais de 1.00 metros de linha. Bem além da aparência, a diferença mais importante está na resistência.

Enquanto a primeira é mais fina e delicada, a segunda precisa ter resistência suficiente para não ceder em altas velocidades. Entretanto, caso você queira deixar sua costura à mão mais firme e resistente, não há problema algum em usar uma linha mais forte, como a linha de pesponto, por exemplo.

Dica: Caso queira finalizar as suas peças com bordados manuais, reserve ainda algumas linhas de meada ou próprias para bordar.

Cores Curingas

Independente do tipo de linha que você decidir usar, vale lembrar que existem algumas cores coringas, aquelas mais usadas para costurar peças de todos os tipos. Então, na hora de ir às compras, lembre-se de trazer linhas nas seguintes cores: vermelho, verde, marrom, bege, preto, branco e azul.

Como você viu, um kit básico de material de costura deve incluir uma máquina (com as funções que você usará de imediato e daqui alguns meses), linhas de costura nas cores mais usadas, agulhas de tamanhos e tipos variados, giz ou caneta para marcar o tecido, duas tesouras de bom corte e uma fita métrica.

Além desses materiais, também pode ser necessário ter alguns aviamentos – como miçangas, sianinhas, botões e certos tipos de fita. Por isso, antes de ir às compras, pense no tipo de trabalho que você deseja executar. Dessa forma você será capaz de fazer escolhas acertadas.

Além desses itens, qual outro material de costura você acredita ser indispensável para quem está dando os primeiros passos ou até mesmo voltando a costurar? Comente, conte pra a gente nos comentários!

Veja também:

2 Truques Caseiros para Impermeabilizar Tecido Gastando Pouco

Como Fazer Guardanapo de Tecido com Pintura Tie Dye

Compartilhe onde preferir

Mariana Barbosa

Formada em Letras pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, redatora na Revista Artesanato. Acredita que o aprendizado tem o poder de transformar a vida das pessoas.




Comentários

10 comentários

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.


Você pode usar estas tags HTML e atributos:



 



Costura Veja mais >>

JA CONHECE NOSSOS CURSOS?

Mais cursos

Receba ideias gratis por email

[Grátis]
[Grátis]