Pacote de Moldes

Como Fazer Feltragem com Agulha: 7 Dicas para Iniciantes

Conhecida também como feltragem seca, a feltragem com agulha é uma técnica que consiste em transformar a lã do carneiro em feltro, dando origem a tecidos, formas e objetos feltrados. 

Ao contrário de como ocorre na feltragem molhada, onde são utilizados água e sabão para que a lã seja modelada, na seca o instrumento utilizado para esse fim é a agulha. A entrada e saída dessa na lã provoca o entrelaçamento das fibras, o que permite a transformação da lã em um artigo feltrado.

Com essa técnica é possível fazer desde peças planas até tridimensionais. É arte que não acaba mais!

Quer aprender como fazer feltragem com agulha? Então confira as dicas, fotos, informações e passo a passos que separamos para você produzir lindos itens feltrados. Veja só!

Moldes de Feltro

Veja também:
3 Dicas Essenciais para Trabalhar com Feltro
Tapete fantástico feito com feltro

7 Dicas para fazer feltragem com agulha

1. Materiais 

A primeira coisa que você deve saber antes de começar a fazer um trabalho de feltragem seca é sobre os materiais a serem utilizados nessa arte, que não são muitos. Confira a lista.

  • Espuma, para apoiar a lã e permitir o manuseio da agulha com maior facilidade e destreza;
  • Lã cardada, que já vem pronta e tingida para uso;
  • Agulhas;
  • Caneta para feltragem, caso queira;
  • Arames finos, que podem ser utilizados em alguns casos específicos para fazer a estrutura de algumas peças.

Agora que você já sabe quais são os materiais necessários, é hora de conhecer detalhadamente os principais (agulha e lã cardada) para escolher direito e ter um bom resultado.

2. Lã cardada

Geralmente, as lãs mais utilizadas na feltragem são provenientes da Europa e da Patagônia, pois em lugares mais frios a lã é mais macia. Também existem lãs de algumas regiões do Sul do Brasil.

Pacote de Guirlandas em Feltro

Antes de escolher a lã, você precisa ter em mente o que vai feltrar. Se for objetos de decoração, bonecos e móbiles, a lã recomendada é a corriedale, que é macia e mais firme. Se for sapatinhos de bebês e roupas, então a lã cardada ideal a ser utilizada é a merino, que é ainda mais macia.

Para quem está iniciando, é sempre bom optar por peças que demandem o uso da lã corriedale. Por ela ser mais firme, dará mais confiança e desenvoltura às iniciantes. A lã merino, em contrapartida, por ser muito macia, é escorregadia, o que dificulta o aprendizado.

Além disso, é sempre bom ter também um kit de lã com diferentes cores. Uma boa opção é adquirir pequenas quantidades de cada cor para ter uma grande diversidade.

3. Agulhas

As agulhas para feltragem possuem um único formato, tendo a parte superior em forma de L. Essa anatomia existe para facilitar a execução do trabalho, uma vez que permite que o artesão apoie o dedo indicador acima da agulha. Isso agiliza a produção e dá mais segurança.

Quanto aos tamanhos, existem diversos que podem ser utilizados na feltragem. Quanto menor o número da agulha, mais grossa ela é e vice-versa. Elas podem ser encontradas nos tamanhos 19, 32, 36, 38, 40 e 42 – ordem da mais grossa até a mais fina. 

As agulhas mais grossas são indicadas para a feltragem de partes maiores da peça e as mais finas para a produção dos detalhes. 

4.Caneta para feltragem

Se você quiser produzir um artigo de forma bem rápida, pode utilizar a caneta para feltragem. Ela é um acessório que permite que mais de uma agulha seja encaixada.

Para quem gosta de produções rápidas, ela pode ser uma ótima ferramenta, pois permite que mais de uma agulha seja utilizada ao mesmo tempo.

5. Primeiras peças

As iniciantes devem procurar peças mais simples para aprender. Uma boa sugestão são as bolas feltradas. 

Você pode confeccioná-las em diferentes tamanhos. Essa é uma forma de colocar na prática o seu conhecimento e adquirir noções de formato e dimensão.

Outra sugestão de primeiras peças a serem produzidas são as fadas feltradas, que são bem básicas e contém um nível de dificuldade bem baixo. Além disso, elas permitem a liberdade de criação da artesã.

6. Espuma

Como já falamos na lista de materiais, a espuma é um importante material de apoio, que visa dar movimento ao trabalho de feltragem e ainda evita que a artesã possa vir a se machucar com a agulha.

7. Tesoura atrapalha

Procure não utilizar a tesoura em seu trabalho! A lã cardada desfia com muita facilidade e a tesoura pode marcá-la. 

Assim, o ideal é separar uma parte de lã da outra com os dedos e puxar uma parte contra a outra. Utilize a tesoura apenas em pequenos acabamentos, quando for extremamente necessário.

18 Peças feitas a partir da feltragem com agulha

Agora é hora de ver algumas peças feitas a partir dessa técnica para ficar morrendo de vontade de começar a produção!

Aprenda como fazer feltragem: 5 Tutoriais em vídeo

Agora é hora de aprender a fazer trabalhos em feltragem. Confira os passo a passos da Santa Meada que separamos pra você.

Escolha uma peça simples e comece a praticar. Pode ter certeza que muito em breve você vai conseguir criar projetos lindos!

E então, o que você achou da feltragem com agulha? Fácil, não é? E o melhor de tudo é que você pode ganhar uma boa grana extra com a venda dessas peças.

Se você trabalha com artesanato em feltro, ainda pode usar a lã feltrada para criar adereços e cabelos para suas peças. Essa é uma tendência que vem com tudo em 2020!

Conta pra gente aqui nos comentários suas dúvidas e o que achou das dicas do post!

Veja também:
Veja quais os Melhores Tipos de Cola Para Feltro
Como Costurar Feltro à Mão – 4 Pontos Que Você Precisa Saber

Compartilhe onde preferir

Revista Artesanato

Queremos mostrar a você os melhores trabalhos manuais para se fazer, gastando pouco dinheiro e o mais fácil possível para que qualquer pessoa possa fazer.




Comentários

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.


Você pode usar estas tags HTML e atributos:

Artesanato em Feltro Veja mais >>

JA CONHECE NOSSOS CURSOS?

Mais cursos

Receba ideias gratis por email

[Grátis]
[Grátis]