Pacote de Moldes

Bordado em Ponto Cheio: Tudo que Você Precisa Saber para Fazer

Bordado ponto cheio

Um dos pontos mais conhecidos no bordado manual, principalmente na hora de fazer preenchimentos, é o ponto cheio!

Embora ele seja simples de ser feito, é importante conhecê-lo melhor para saber executá-lo com maestria e obter um trabalho perfeito e de qualidade.

Por isso neste artigo reunimos passo a passos em vídeo, dicas e fotos para te mostrar como e onde esse ponto pode ser aplicado. 

Se você, assim como nós, também ama um bordado, não pode deixar de ler este post até o final!

Moldes de Feltro

Veja também
24 Segredos de Costura Para Iniciantes que Você Precisa Saber
10 Formas de Ganhar Dinheiro com Costura Trabalhando em Casa

8 Dicas para fazer um ponto cheio perfeito

1. Onde e como usar

O ponto cheio é ideal para fazer o preenchimento de áreas pequenas do seu desenho. 

Em formatos muito grandes, no entanto, esse ponto não é recomendado, pois pode deixar muitas falhas. 

2. Tipos de ponto cheio

Basicamente ele pode ser dividido em duas formas: o ponto cheio plano e o ponto cheio com relevo. Esse último é uma ótima opção para quem quer dar altura, ou seja, tridimensionalidade ao bordado. 

3. O contorno antes de iniciar o preenchimento

Sempre antes de começar o preenchimento de uma área, é fundamental que você faça o contorno para delimitar as bordas. Os pontos mais utilizados para contornar são: o ponto atrás, o ponto corrente e o ponto haste.

4. Direção e ângulo dos pontos

Feito o contorno, é hora de começar a preencher o seu desenho com o ponto cheio. Para isso, é preciso que você defina a direção e o ângulo dos pontos. 

Enquanto algumas partes devem ser bordadas com linhas horizontais, outras precisarão ser em linhas verticais. 

Nas partes do desenho que possuem mais curvas, por exemplo, as linhas devem acompanhar o desenho, variando os ângulos. 

Por isso, antes de começar qualquer bordado de preenchimento, é preciso que você faça uma simulação em um rascunho de papel para testar diferentes tipos de alinhamento e ver qual é o mais ideal.

5. Escolha do tecido

Além disso, é fundamental que você verifique se o tipo de tecido escolhido sustenta o seu bordado. Isso porque os preenchimentos que possuem muitos fios pesam o tecido, e, caso esse seja leve, pode ficar deformado. 

Sendo assim, você precisa escolher um tecido ideal para a quantidade de fios que será utilizada para preencher o seu bordado. 

Os tecidos mais indicados são os planos de algodão e de linho.

6. Escolha da linha

Para quem está iniciando agora no bordado, uma boa opção de fio para trabalhar o preenchimento é a linha perlé.

7. Por onde iniciar o preenchimento

É possível tanto iniciar o preenchimento a partir dos cantos como do centro do desenho. 

Iniciar pelo centro, no entanto, pode ser mais fácil para se ter o controle da direção dos pontos.

8. O ponto cheio em contornos

Todas as dicas que você viu até aqui falam sobre o ponto cheio para fazer, no bordado manual, o preenchimento.

Mas saiba que quando o trabalho é realizado na máquina de bordar, esse ponto pode ser utilizado para fazer contornos também.

Nessa situação, no entanto, o ponto cheio pode acabar escapando da matriz, aumentando, assim, o seu nível de dificuldade.

Para quem vai fazer um contorno em ponto cheio na máquina, é possível seguir as seguintes dicas para evitar que esse escape aconteça:

  1. Faça o contorno em ponto cheio envolvendo a sua matriz. Isso quer dizer que o contorno deve começar na parte de dentro do desenho, pois só assim ele envolverá os cantos da matriz.
  2. Borde sempre na sequência correta para evitar que o tecido se mexa.
  3. Configure a matriz com a compensação de encolhimento para que, quando o tecido encolher após o bordado, ele não fique enrugado.
    0,4 mm é o suficiente para compensar esse encolhimento. 

Passo a passos para fazer um bordado perfeito com ponto cheio

Agora que você já sabe o que fazer para o seu bordado com ponto cheio sair perfeito, é hora de conferir alguns tutoriais em vídeo que vão te ensinar a colocar em prática todas essas dicas. Veja só!

Possibilidades de aplicações do ponto cheio

Depois das boas dicas e dos passo a passos, é hora de conferir algumas possibilidades de aplicações do ponto cheio em bordados. Confira nas imagens a seguir:

E então, o que você achou desse guia completo sobre ponto cheio? Com certeza ele te ajudará muito na hora de fazer os seus bordados. Conta pra gente nos comentários outras dicas que você recomenda!

Veja também
Costura para Iniciantes: 13 Erros que Você Pode Estar Cometendo
Como Colocar Viés: Passo a Passo Completo para Iniciantes

Compartilhe onde preferir

Revista Artesanato

Jornalista e redatora na Revista Artesanato, acredita no poder de transformação que o artesanato tem no mundo e na vida das pessoas.




Comentários

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.


Você pode usar estas tags HTML e atributos:

Bordado Veja mais >>

JA CONHECE NOSSOS CURSOS?

Mais cursos

Receba ideias gratis por email

[Grátis]
[Grátis]
[Grátis]
[Grátis]