Afinal, artesanato é negócio?

Afinal, artesanato é negócio?

Olá Pessoal, tudo bem?
Vamos ao nosso primeiro post! Estou empolgado em compartilhar com vocês um pouco do que aprendi nos últimos anos sobre artesanato e negócios. Hoje vou defender a ideia de que artesanato é um negócio e sendo assim, deve ser pensado, planejado e gerenciado como tal.

Existem aqueles que defendem a ideia de que artesanato é uma arte.E arte é arte, não negócio… mas ai eu terminaria este post por aqui. Como esta não é a ideia, vou seguir com o planejado.

Se você nunca pensou por este ângulo, agora é uma boa hora para começar a deixar a agulha de crochê e a máquina de costura um pouquinho de lado para planejar o seu negócio.

 

Existem 8,5 milhões de artesãos no Brasil que juntos movimentaram mais de R$60 bilhões em negócios em 2011 e compraram mais de R$20 bilhões em matérias-primas e suprimentos. Então não é um simples negócio… artesanato é um monstro no Brasil! Um monstro bonitinho e bem acabado, mas ainda assim um monstro!

Existem aqueles artesãos que fazem artesanato como forma de inspirar outras pessoas, aqueles que buscam um complemento de renda, aqueles que dependem disto para viver, aqueles que fazem como hobby, aqueles que fazem para passar o tempo, etc, etc, etc. São inúmeras as razões para as pessoas fazerem artesanato.

Independente da razão de você fazer artesanato, se seu objetivo é vendê-lo, então você está fazendo ou buscando realizar um negócio. É neste momento que muitos se perdem por não saber definir 4 elementos muito importantes para qualquer negócio ser um sucesso. Mesmo que seja de artesanato! São eles:

1) Canal de Venda

Este é o meio que você escolheu para colocar o seu produto no mercado, para chegar até o seu cliente.

Solidarium.net

a) Imagem: Ponto de Venda da Solidarium dentro da rede Walmart

Perguntas Interessantes:Onde você irá vender seu produto? Será pela internet? Será em uma loja própria? Será em uma rede varejista? Você consegue garantir a entrega neste canal? Qual a demanda esperada neste canal? Você terá estoque? Você produzirá por encomenda? Existe algum custo para vender neste canal?

Dica: De maneira geral, o melhor canal de venda é aquele que possui um custo muito baixo ou zero para você vender seus produtos. Se você está buscando vender artesanato online, conheça algumas sugestões abaixo:

www.solidarium.net
www.elo7.com.br
www.airu.com.br
www.mercado.etc.br

Solidarium.net

b) Imagem: Site Solidarium.net

2) Preço

Este é o valor pelo qual seu cliente irá pagar pelo seu produto.

c) Equação: Preço = Matérias-Primas + Comunicação + Frete + Lucro + Rateio de Despesas
Perguntas Interessantes:Existem algum concorrente com um produto similar? Qual o preço do concorrente? O seu é competitivo? Está mais caro ou mais barato? Porque? Você está considerando todos os seus custos para definir o preço? Custos de Frete (se for o caso), Impostos, Matérias-Primas, Comunicação, Tag, Etiqueta, etc?

Dica: Muitos artesãos simplesmente esquecem de incluir todos os custos no preço de seu produto. Você deverá incluir até o “Vale Transporte” ou combustível usado para comprar ou buscar uma matéria-prima. Outra questão é que muitos artesãos precificam o seu produto pelo custo e não pelo valor real do seu produto. Pense em quanto o cliente pode pagar pelo produto e coloque este preço!

3) Promoção

É a forma que você irá comunicar o seu produto para os seus clientes.

Solidarium.net

d) Imagem: Existem várias outras formas de promover seus itens além da TV!

Perguntas Interessantes: Como você chegará até o seu cliente? Pela Internet? No próprio Ponto de Venda? Você possui perfil no Facebook? Qual o relacionamento você quer manter com seu cliente? Longo ou curto? Você possui embalagem no Produto? Usa cartão de visita?

Dica: Busque aquela solução que não implica em custos. Por exemplo, possuir uma página no Facebook pode ser uma ótima alternativa para você criar um relacionamento mais próximo com seus clientes. Além de poder postar novidades constantemente, você também poderá receber sugestões e comentários dos seus clientes.

4) Produto

É o item que irá atender uma necessidade do seu cliente.

Solidarium.net

Perguntas Interessantes:Como é a qualidade dos seus concorrentes? E o acabamento? O que você pode melhorar? Seu produto possui uma utilidade? É funcional? Eles são únicos? Você consegue produzir em escala? Quais as características do seu produto? Seus clientes conseguem percebê-las? Porque seu produto é melhor que dos seus concorrentes?

Dica: O mais importante é você buscar sempre a excelência. Produtos bem feitos, com um acabamento impecável sempre terão uma clientela mais fiel do que produtos medíocres. Também é importante inovar e não fazer o mesmo que estão fazendo por ai.

E não é só isso… a lista é longa e poderíamos incluir vários outros elementos e perguntas aqui. Mas se você já começar a pensar nisto, será um grande avanço.

E também fique tranquila(o), pois vamos abordar todos estes temas durante os próximos posts com muito mais profundidade! Afinal, os pontos que levantei acima são temas de livros, artigos, simpósios, conferências, matérias, etc.

Se você gostou deste post, compartilhe com suas amigas e amigos!
E fique ligada(o) nos próximos posts, pois ainda tem muita coisa boa por vir!

Um grande abraço,

Tiago Dalvi
Diretor Executivo
www.solidarium.net
facebook.com/solidarium

“Solidarium.net – artesanato, cultura, design e muita inovação”

Revista Artesanato
Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*

  • Olá Pessoal da Revista Artesanato!
    Estamos muito felizes com esta parceria! Após o lançamento fomos surpreendidos (positivamente) com uma avalanche de visitas. O site ficou um pouco instável, mas já está tudo normalizado e estamos prontos pra outra.
    Aproveitem para compartilhar com suas amigas e amigos e vamos fazer do Brasil um país mais justo!
    Abraços,

    Tiago Dalvi.