Como ganhar dinheiro com artesanato – idéias para ganhar dinheiro

como ganhar dinheiro - ideiasMuitas pessoas me fazem a seguinte pergunta: como ganhar dinheiro com artesanato? Quais as melhores idéias para ganhar dinheiro? Ao contrário do que muita gente pensa, é totalmente possível ter uma renda extra ou até mesmo a renda principal fazendo e vendendo artesanato, seja pela internet ou no mundo offline.

Nesse artigo vou mostrar algumas possibilidades de produtos e técnicas com as quais você pode trabalhar. Além disso, vou dar dicas de como vender pela internet e de como calcular o preço de venda. Essas dicas são essenciais para quem deseja obter lucro e fazer o negócio com artesanato crescer e prosperar.

Dicas Iniciais

A primeira coisa a dizer é que não existe fórmula mágica com a qual você irá ganhar rios de dinheiro apenas fazendo algo que você pensa que as pessoas vão gostar. Por isso, preparei esse tópico para ensinar os primeiros passos recomendados para qualquer negócio.

Conheça mais sobre a área em que você atua

É muito importante dedicar algumas horas do mês para pesquisar e se manter atualizado sobre a sua área de atuação. Assim você terá uma visão melhor daquilo que espera por você.

Sorteio Escola de Feltro

A Elizabeth tem 45 anos e trabalha com saboaria artesanal há cerca de 1 ano e meio. Tudo ia aparentemente bem, mas o lucro da venda dos produtos era praticamente o mesmo todos os meses, o que não dava a ela perspectiva alguma de crescimento.

Quando Elizabeth percebeu que tinha um problema, recorreu à internet para tentar descobrir onde ela estava errando e onde podia melhorar. Foi aí que ela viu que não trabalhava com os produtos que eram tendência, e por isso não estava tendo aumento significativo nas vendas.

Quer saber como ela resolveu isso? Elizabeth acompanhou a demanda de mercado e reformulou sua linha de produtos. Ao fazer isso, ela teve o dobro de faturamento logo no segundo mês após a implementação da mudança.

Faça um trabalho diferenciado

A segunda dica para você ganhar dinheiro é fazer um trabalho diferenciado dos demais que são vendido por aí. Pesquisar referências é algo extremamente necessário para não repetir à risca aquilo que já está sendo feito.

Isso quer dizer que podem ter 10 pessoas no seu bairro vendendo guirlandas infantis, mas, se as suas tiverem estilo próprio, com certeza irão se destacar das demais. A diferença pode estar no modelo dos apliques, no tipo de tecido usado, no acabamento…

A regra é simples, quanto mais gente vendendo exatamente o mesmo produto, maior será a concorrência. Quer vender mais? Crie a sua própria identidade, faça algo exclusivo.

Transforme o seu hobby com o artesanato em um negócio que fature de R$ 500 a R$ 2000 por mês, Clique Aqui e veja como.

Faladas essas duas dicas fundamentais, vamos aos tópicos que irão te guiar para o mundo dos negócios com artesanato. Não se esqueça de visitar o meu blog Negócio Criativo (www.negociocriativo.com.br). Lá você encontrará informações sobre como aumentar as vendas través da internet.

Idéias de trabalhos que você pode fazer para ganhar dinheiro

Existem muitos tipos de artesanato, mas quais deles vão te garantir renda? Quais as melhores idéias para ganhar dinheiro com artesanato? Essa é uma pergunta muito comum, mas não tão simples de ser respondida.

A resposta é… depende da sua região, das pessoas que você tem contato e principalmente do que você gosta de fazer. Nunca embarque na ideia de fazer alguma coisa só para ganhar dinheiro, alie esse objetivo a algo que você realmente gostar de fazer.

Ideias de Técnicas e Materiais

Organizei abaixo uma lista com com diferentes tipos de artesanato e materiais. Se você ainda não sabe bem do que gosta, clique sobre os tópicos da lista abaixo e veja várias ideias. Quem sabe assim você não se identifica com uma ou mais técnicas?

Veja mais:  Ideias Para Ganhar Dinheiro com Artesanato

Nessa lista coloquei somente algumas técnicas e materiais que você pode usar para ganhar dinheiro. Se algum tipo de artesanato te interessou, mas você não sabe muito sobre ele, vale ler bastante e pesquisar mais sobre o assunto. Como falamos lá no início, é fundamental que você tenha bastante conhecimento daquilo que pretende trabalhar.

Ideias de Negócios com Artesanato

Aqui na Revista Artesanato temos vários artigos com ideias de negócios com artesanato. Eles são verdadeiros guias para quem não sabe por onde começar.

A boa notícia é que listamos abaixo os melhores artigos, assim vai ficar mais fácil escolher o seu produto de trabalho. Os textos são bem completos, possuem dicas de mercado, sugestões de materiais, lucro médio e dicas de negócio. Aproveite!

Negócio com bordado à mão 

Saiba mais: Como ganhar dinheiro fazendo bordado

Negócio com guirlandas de maternidade

Saiba mais: Guirlanda de Feltro – 5 Modelos Incríveis

Negócio com cestas de banho

Saiba mais: Sabonetes e Cosméticos Artesanais Incríveis Pra Você Fazer e Vender

Negócio com encadernação artesanal

Saiba mais: Encadernação Artesanal – Guia Absolutamente Completo

Negócio com bonecos em EVA 

Saiba mais: Bonecos de EVA Para Festas – Saiba Tudo

Negócio com forminhas para doces finos 

Saiba mais: Como Fazer Forminhas Para Doces Finos

Negócio com Tiaras para Bebê

Saiba mais: 11 Tiaras Para Bebê Mais Lindas Que Você Já Viu

Essas são apenas algumas sugestões de negócios que você pode começar em casa. Além dessas ideias, vale pegar carona nas tendências e nas demandas de mercado que vão surgindo de tempos em tempos. Um bom exemplo disso são as datas comemorativas a tendências dos produtos sustentáveis.

Quanto cobrar pelo meu trabalho?

Para pensar no preço de venda de um trabalho existem basicamente dois custos que devem ser considerados, que são os custos fixos e os custos variáveis. O custo fixo inclui tudo aquilo que você deve pagar, independente se vender ou não. Já os custos variáveis são aqueles que você tem quando há vendas. Veja mais detalhes abaixo.

Custos fixos

  • Aluguel
  • Contas de água, luz, telefone e internet
  • Custo com MEI (caso seja formalizado)

Custos variáveis

  • Matéria prima
  • Lucro
  • Valor da hora de trabalho
  • Etiquetas
  • Cartões
  • Embalagem

É importante reforçar que você deve estabelecer um valor a receber por hora trabalhada, baseado na sua experiência e nos seus custos mensais para se manter. Ou seja, esse é o valor que você efetivamente vai ganhar, será o seu salário.

Além disso, você também deve incluir no preço da peça uma margem de lucro para o desenvolvimento do negócio. Saber calcular o preço justo do seu trabalho é super importante para que você não tome prejuízo.

Para facilitar a tarefa de calcular os preços, eu criei uma planilha que faz todas as contas automaticamente. Basta colocar os dados e esperar a mágica acontecer.

Clique no botão abaixo para conhecer a planilha de cálculo de preços. 

planilha de calculo de preços

Onde vender meus trabalhos?

Você investe tempo e dinheiro na confecção de um produto. Mas, se você não mostrar e não divulgar o seu trabalho, dificilmente aparecerão compradores batendo à sua porta.

” – Meu artesanato está pronto. E agora, como fazer para vender?”

Venda direta – Existem vários meios de vender seus trabalhos. O jeito mais primário é vender diretamente para as pessoas que você conhece. Mostre o que você faz para amigos, parentes e vizinhos.

Eles podem até não comprar, mas terão conhecimento do que você faz. Assim, seus amigos e familiares poderão indicar o seu trabalho a outras pessoas. A propaganda boca a boca é muito eficiente e pode trazer muitos clientes até você.

Venda para lojistas – Você também pode disponibilizar os seus produtos para serem vendidos em lojas de terceiros. Procure no seu bairro lojas de comércio de artesanato, armarinhos ou lojas que tenham a ver com o seu campo de atuação.

Se houver interesse das duas partes, combine com o dono da loja ou com o gerente como isso funcionará. Você pode passar os produtos por consignação ou vender por atacado.

Nos dois casos, o preço repassado ao logista deve ser menor. Só assim ele conseguirá ganhar uma porcentagem pela venda do seu produto. Em geral, o lucro do lojista está na quantidade, e não no lucro conseguido por peça.

Transforme o seu hobby com o artesanato em um negócio que fature de R$ 500 a R$ 2000 por mês, Clique Aqui e veja como.

Venda pela internet – O meio que eu considero mais importante e que não tem limite de crescimento é a internet. Vou dedicar um pouco mais de espaço para esse meio de venda.

Existem vários sites nos quais você pode vender seus produtos, vamos começar pelos Marketplaces, os sites que reúnem vários vendedores. O mais conhecido desse segmento no Brasil é o Elo7, site dedicado para venda de produtos artesanais, semelhante ao americano Etsy.

No Brasil, ele é o mais conhecido nesse setor e vem crescendo muito, tanto em número de compradores quanto de vendedores. Ele é uma excelente opção para você vender, principalmente pelo baixíssimo custo.

Mercado Livre – Para quem não conhece o Mercado Livre é um site muito conhecido e com um número de visitas muito grande Lá você pode criar uma conta para vender seus produtos para o Brasil todo. Nessa plataforma você tem que pagar uma comissão sobre as vendas que forem concretizadas. Leve isso em consideração na hora de calcular o preço de venda.

Em geral, os marketplaces acima são semelhantes, apresentam apenas algumas diferenças de tarifas para venda e também de foco nos produtos vendidos. Procure aquele que seja mais vantajoso para você e para o tipo de artesanato que você vende.

OLX – Olx é um site no qual você pode cadastrar seus produtos como classificados. As pessoas não têm a opção de comprar o produto pela internet, serve apenas para anunciar o produto e deixar seu telefone de contato ou endereço do site.

Existem outros sites para vender artesanato pela internet, mas esses são os maiores e mais conhecidos. Para ver mais detalhes sobre vendas na internet, leia o nosso artigo “como vender artesanato pela internet e ganhar dinheiro“.

Onde divulgar meus produtos?

Existem muitas maneiras de divulgar algo pela internet, aqui listarei as mais econômicas e mais utilizadas.

Blog

Hoje em dia, quem não dispõe de dinheiro para investir em um site profissional, pode começar com um blog gratuito. Crie um blog e escreva sobre o produto que você faz. Coloque detalhes, como é fabricado, como é enviado ao cliente. As pessoas gostam de saber coisas desse tipo, além de curiosidades e informações adicionais.

Você pode criar blogs através do Webnode, Wix e WordPress. Além de divulgar os seus produtos no blog, é importante produzir conteúdo de qualidade relacionado ao seu trabalho.

Publicar com certa regularidade fará com que o seu blog tenha acessos continuamente. Ou seja, mais pessoas conhecendo o seu trabalho.

Se você trabalha com costura, por exemplo, poderá escrever um artigo falando sobre tipos de tecido, dar dicas de costura para iniciantes ou até mesmo mostrar a confecção de uma peça que seja mais simples de fazer.

Se você acha que não tem muito jeito com escrita, encomende textos a pessoas que estão acostumadas a escrever. Os textos com cerca de 500 palavras variam de R$ 20,00 a R$ 40,00 cada um. Ou seja, alimentar o seu blog com bons conteúdos não custa muito, e pode trazer ótimos resultados.

Essas são apenas algumas maneiras de divulgar na internet. A todo momento surgem novas maneiras de se fazer isso, seja com pouco investimento ou a custo zero. Então, escolha a melhor forma de divulgação para os seus produtos e mãos à obra.

Redes Sociais

A internet deixou de ser novidade para se tornar um instrumento indispensável na vida das pessoas. Presente na maioria dos lares brasileiros e em todo tipo de empresa, a internet é um importante meio de compartilhamento de informações e ideias. Desse modo, o ambiente virtual é ideal para divulgar o seu artesanato e mostrar a sua marca.

As redes sociais, principalmente Instagram, Facebook e Pinterest são ótimas para a promoção de produtos e conteúdos relacionados a artesanato. Usando essas redes gratuitas, todo artesão pode mostrar a sua arte para todo o  mundo, além de obter engajamento do público e aumento nas vendas.

Passo a Passo para Divulgar nas Redes Sociais

Passo 1: identifique e defina o seu público – Antes de mais nada, é preciso mapear o público alvo da sua marca ou produto. No caso das guirlandas de maternidade, o público alvo é composto por pais e mães gestantes, além de pessoas que têm bebês e crianças na família. Esse é apenas um exemplo de definição de público, já que ele pode variar bastante.

Passo 2: crie o perfil da sua empresa – Em seguida, você deve criar o perfil da sua empresa, que deve conter o nome dela, o endereço, o telefone para contato e/ou e-mail. Esses dados são apenas sugestões gerais, já que cada rede social possui diferentes particularidades.

Passo 3: interaja com seus seguidores – Participe e interaja com seus seguidores. Responda comentários, curta fotos, comente, crie uma boa relação com as pessoas que te acompanham e admiram seu trabalho, assim elas se tornarão seus clientes. 

Passo 4: acesse seus perfis com regularidade – Com o perfil criado, é necessário manter uma certa regularidade de acesso, assim você poderá ficar por dentro do que os seus seguidores estão falando e comentando sobre sua marca e sobre seus concorrentes, além de poder tirar um tempo para responder a recados e dúvidas. Para não perder o foco, você pode estipular um horário fixo para fazer isso todos os dias.

14 Dicas Importantes Para Ter Sucesso nas Redes Sociais

Veja abaixo uma lista com várias dicas importantes para fazer a seu perfil crescer de maneira  absurda, com profissionalismo e respeito aos amigos e clientes.

Construção de relações – Participe ativamente das redes sociais, interaja e contribua com os seus seguidores. Afinal, a conquista de um bom relacionamento leva tempo.

Conteúdo – Os seguidores compartilham as publicações de uma página quando elas deixam de ser somente propagandas e passam a ter conteúdo interessante. Isso gera simpatia e confiança na sua marca, e claro, mais vendas dos seus produtos.

Parceria – Ajude a divulgar eventos de amigos, seguidores e clientes. Essa é uma ótima maneira de construir uma rede consistente de parceiros.

Eventos – Quando for organizar algum evento relacionado ao seu negócio, como uma feira ou bazar, adicione-o no aplicativo de eventos do Facebook, faça também algumas postagens sobre o assunto no Instagram.

Concursos – Organize concursos para serem postados no Facebook e no Instagram, defina as regras com antecedência. Faça um post informando quem foi o vencedor.

Bom senso – É muito importante ter bom senso com relação à quantidade de posts que você punlica. Evite sobrecarregar o feed dos seus seguidores.

Postura – Não fique ansioso para vender sua ideia ou produto logo de cara. A venda será uma consequência do bom trabalho que será realizado.

Um passo de cada vez –Interaja, converse, conheça as pessoas, reúna informações, tudo de maneira ordenada. Não tente abraçar o mundo, vá aos poucos e em ritmo constante.

Contribua – No meio digital, há uma regra simples: primeiro dê informação e solução para os problemas dos seus seguidores; depois, divulgue e espere surgir as vendas do seu produto. Com essa dica é possível alcançar resultados impressionantes.

Gentileza –Não se envolva em polêmicas com outros internautas. Não queira vencer uma discussão e perder um cliente, um parceiro ou um amigo.

Divida seu conhecimento – Se uma pessoa segue sua página no Facebook, isso quer dizer que ela se interessa por sua marca não apenas como consumidor, mas também como apreciador do que você faz. Se você tem experiência sobre algum assunto que interessa seus seguidores, não há nada de errado em compartilhar esse conhecimento com eles.

Manutenção dos perfis – É preciso saber que não adianta se cadastrar nas redes sociais, colocar todas as suas informações e deixar a conta por isso mesmo. Crie perfis somente em redes sociais que sejam de fácil manutenção para você.

Divulgação de lançamentos – Sempre que lançar um novo produto, poste uma foto dele em dias alternados, não se esqueça de incluir uma chamada com um pequeno texto.

Atenção aos textos – Todos os textos devem ser lidos antes de serem postados na internet, assim você evita informações incoerentes e erros na escrita. 

7 Dicas Para o Seu Negócio ser um Sucesso

Agora que você já viu ideias para ganhar dinheiro, já sabe como calcular o preço de venda dos produtos e já sabe como vender e divulgar o seu artesanato, está na hora de ver as dicas para que o seu negócio seja um sucesso. Vamos lá?

1. Pesquise

Esteja sempre antenado nos trabalhos existentes, nas técnicas de artesanato disponíveis, nas tendências  de cores e estilos. A pesquisa é fundamental em todas as áreas nas quais você atuar, é muito importante saber de tudo que está acontecendo no mercado.

2. Aperfeiçoe

Pense sempre em melhorar seu trabalho. Veja o que você faz e pense: “Esse é o melhor que posso fazer?”. Sempre existe uma maneira de melhorar o que fazemos.

3. Economize

Busque alternativas para reduzir os gastos, mas não faça nunca trabalhos sem qualidade. A economia de material é extremamente importante para o seu sucesso, sempre pense em como você pode reduzir os custos sem alterar a qualidade do produto final. A qualidade é um dos parâmetros essenciais para se destacar e atingir sucesso profissional.

4. Antecipe-se

Seja pró ativo, antecipe-se aos problemas que podem ocorrer com seu negócio. Isso quer dizer que você deve, por exemplo, se planejar para comprar mais matéria prima antes que a atual acabe. Assim você conseguirá atender a uma grande encomenda feita de última hora.

5. Cuide-se

Ao apresentar um produto a um possível cliente, esteja bem vestida(o), pois isso passa uma boa impressão às pessoas. Afaste-se de pessoas com pensamento negativo, pense positivo e você sempre avançará.

6. Cumpra o prazo

Nunca prometa um prazo que você sabe que não poderá cumprir. Se achar conveniente, informe um prazo maior do que o necessário para a confecção da peça, assim você terá tempo necessário para corrigir eventuais problemas. Se você atrasar a entrega repetidas vezes, pode ter certeza de que perderá a confiança do cliente.

7. Controle

Faça uma planilha no computador contendo os gastos com matéria prima e de todas as vendas. Você deve ter o controle exato do que entra e do que sai para saber se o seu negócio dá lucro ou prejuízo. Muitas pessoas perdem dinheiro ou deixam de ganhar por não terem um controle de caixa adequado.

Links Interessantes

Logo abaixo você terá acesso a uma lista com vários temas relacionados à produção e venda de artesanato. Para para ver mais informações sobre cada assunto, basta clicar sobre ele.

Como você viu, a resposta para a pergunta “como ganhar dinheiro com artesanato” não é muito simples de ser respondida, pois envolve vários fatores variáveis. Mas, com muito estudo e dedicação, você poderá alcançar seus mais altos objetivos.

Com esse artigo, esperamos ter contribuído de alguma forma com o seu sucesso. Qualquer dúvida que você tenha, entre em contato conoscoteremos o maior prazer em responder.

Transforme o seu hobby com o artesanato em um negócio que fature de R$ 500 a R$ 2000 por mês, Clique Aqui e veja como.

Compartilhe onde preferir

Fernando Oliveira

Sou um apaixonado por artesanato e busco os melhores passo a passos, dicas e ideias para quem ama trabalhos manuais.




Comentários

183 comentários

  • surama diz:

    adorei sua dicas como vender,eu faço um pouco de artezanato e gostaria de vender mas não sabia como ,mas suas dica me alertaram muito entre em comtato comigo vou gostae muito,não sei mexer mito no computador,só procuro artezanato,muito obrigado bjs

  • sonia guerra diz:

    Adorei a sua explicação. Faço croche e tricot e gostaria de vender um pouco pois estou sempre fazendo uma peça e outra, para ocupar o tempo livre. Tenho 58 anos e procuro manter a mente ocupada para não ter problemas futuros. Agradeço as dicas. Muito obrigado, mesmo. Sonia Guerra

  • Estefânia simões diz:

    gostava de saber onde comprar o material barato…por exemplo tecidos

  • Bijuteria diz:

    Está um artigo muito bem feito e muito completo. Descreve os pontos fundamentais para quem quer ganhar dinheiro com artesanato na Internet. Eu também tenho um blog de bijuteria e já fiz algumas vendas, mas para mim isto é apenas um passatempo.

    🙂 Obg. pelas dicas.

  • Patricia de M. R. Guimarães diz:

    Muito boa as dicas. Pertenço a um grupo de 11 pessoas que fazem artesanato aqui em Teresópolis/RJ, já vendemos pelo Elo7 o que é muito bom, mas com certeza vou passar essas dicas para todos os meus amigos de trabalho.

1 2 3 37

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.


Você pode usar estas tags HTML e atributos:





Meu negócio Veja mais >>

JA CONHECE NOSSOS CURSOS?

Mais cursos

Receba ideias gratis por email