Pacote de Moldes

Como Personalizar a Decoração do Quarto Usando Colchas Artesanais



Percorrendo lojas de artigos para casa, pode-se ver uma infinidade de objetos – a todo tipo de preço e capazes de deixar qualquer decoração mais interessante.

A maioria deles é resultado de uma fabricação em série, que desconsidera qualquer particularidade de seus usuários, generalizando seus gostos e necessidades. Agora, uma linda colcha para quarto, feita a mão por você, deve ser avaliada de forma igual?

A resposta para esta pergunta é não. E por quê? Bem, um item projetado por alguém desconhecido, produzido em uma fábrica, e um feito por você devem ser avaliados de maneiras diferentes.

O segundo foi feito com mais amor. É tradução do seu gosto; o retrato de sua personalidade e preferências. Ele revela parte de seus talentos e do tempo gasto em um projeto que envolveu muita dedicação.

Moldes de Feltro

Muita gente faz comparações entre o preço de peças de decoração vendidas em lojas comuns e de peças vendidas em lojas de artigos de artesanato. Na verdade este é um erro frequente cometido pelas pessoas.

O modo como cada uma dessas peças foi planejada e produzida é diferente. Não quer dizer que uma tenha mais ou menos valor que a outra, já que esta é uma medida bastante variável. Entenda melhor o caso a seguir!

Veja também:
Como Fazer Colcha de Retalhos em 6 Passos
Como Fazer Manta para Sofá

Qual valor você dá a uma peça de decoração artesanal?

‘Preço’ e ‘valor’ são conceitos completamente opostos. O primeiro diz respeito a uma quantidade monetária atribuída a algo, que deve compensar todas as despesas do processo de fabricação e ainda somar o lucro que se deseja obter.

Agora o segundo faz jus ao respeito e a admiração que se dá a um determinado bem ou serviço. Às vezes, seguindo esse critério, a valorização é tão grande que nem se pode quantificar!

Existem várias obras de arquitetura, design e decoração para qual não se pode estabelecer um preço. Contudo, elas são tão valorizadas que acabam destacadas em propostas de ambientes ou expostas em museus.

Pois muitas das peças artesanais também são assim. Elas transmitem uma mensagem de muito amor e de muito carinho sem igual; e são consideradas belas por isso, deixando as residências mais charmosas e interessantes.

Por que investir no método DIY?

‘Do it yourself’ ou ‘faça você mesmo’ é um termo que surgiu no início do século XX. Ele faz relação a um método de melhoramento de moradias que se baseia na ideia de construção, modificação ou reparação de peças feitas pelas próprias pessoas.

Essa atividade envolveria muita criatividade e seria considerada como um trabalho manual não industrializado, ou seja, artesanal.

Agora, qual a finalidade das pessoas fazerem peças de decoração de modo artesanal? Um primeiro motivo que pode ser apontado é a redução de custos.

Quando não se tem muito dinheiro, mas se deseja ter um produto de boa qualidade, às vezes, é melhor “construir com as próprias mãos”. Mas, o DIY pode ser considerado também como uma atividade recreativa, uma forma útil de fazer arte e passar o tempo.

Como inserir artesanato na decoração de interiores?

Para qualquer pessoa é algo gratificante poder ver concluída uma peça artesanal feita especialmente para sua casa.

Não há preço no mundo que pague você poder construir algo com as suas mãos – do seu jeito, do seu gosto –, algo para inserir na decoração de seu próprio imóvel. Pode ser uma cortina, um tapete, um móbile, um quadro, uma toalha de mesa, uma manta para o sofá ou uma colcha para cama, tanto faz.

Produzir artesanato é algo que também faz muito bem para a mente. Uma verdadeira terapia para o cérebro que resulta em uma linda peça ornamental.

Depois de tanto material e tempo gasto para produzir o tal item, é óbvio que a pessoa vai querer expô-lo em casa. Agora tem formas mais corretas de inserir peças artesanais na decoração sem comprometer a harmonia visual dos ambientes.

Aos olhos de seus criadores, toda peça de artesanato é linda. Acontece que algumas podem deixar o ambiente sobrecarregado e até mesmo brega. Então, é preciso ter cuidado para usar os itens certos no lugar certo e na quantidade certa.

O ideal é que essa arte combine com o estilo de decoração do cômodo para qual ela se destina. Que ela complemente em cor e textura o cenário, sem se sobressair do todo.

Colcha artesanal para o quarto

Colchas artesanais, feitas especialmente para quartos, costumam ser muito bonitas e acabam virando destaque das decorações.

Elas geralmente são coloridas, divertidas e servem mais como complemento do kit de enxoval para a cama – colocadas algumas vezes como cobre-leito sobre edredons. E o modo como são combinadas com outras peças têxteis depende muito do gosto do proprietário.

Existem colchas artesanais costuradas com retalhos de tecidos que devem ser usadas só no verão, como as em patchwork e fuxico – essas ficam lindas em quartos infantis. Outras já são mais encorpadas, feitas em tramas de lã ou crochê, por exemplo –  boas para o inverno. Algumas possuem pinturas, bordados ou tingimentos especiais. É a história, quando se tem talento e criatividade, as opções são infinitas!

Que tal usar este artigo de inspiração para criar um trabalho artesanal, uma colcha personalizada para a cama de seu quarto? Aposte no DIY também!

Estas dicas para decorar com colchas artesanais personalizadas foram criadas pela equipe Viva Decora.

Veja também:
Como Usar Almofadas de Crochê para Deixar sua Casa Bonita
Maxi Crochê – Aprenda Como Fazer Manta com Fio de Malha

Compartilhe onde preferir

Marina Rezende

Jornalista e redatora na Revista Artesanato, acredita no poder de transformação que o artesanato tem no mundo e na vida das pessoas.




Comentários

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.


Você pode usar estas tags HTML e atributos:

Riscos Para Pintura em Tecido




Artesanato em Geral Veja mais >>

JA CONHECE NOSSOS CURSOS?

Mais cursos

Receba ideias gratis por email